Analisador de Ligas Metálicas

Radioproteção na operação de um analisador de ligas metálicas

Apesar do baixo risco, a operação de um analisador de ligas metálicas por fluorescência de raios X (XRF) no de modo portátil, oferece risco a seus operadores e pessoas à volta, e portanto necessita da implementação de procedimentos de operação e o desenvolvimento de procedimentos de segurança que incluem treinamentos na operação do equipamento e treinamento em proteção radiológica, além de necessitar de autorização para sua operação fornecido pela CNEN.

Analisador de ligas metálicas
Analisador de ligas metálicas portátil

Essas medidas são fundamentais para evitar que a Empresa gere um passivo trabalhista entre seus colaboradores.

Essas medidas são fundamentais para evitar que a Empresa gere um passivo trabalhista entre seus colaboradores.

A Radiz obteve a primeira autorização junto à CNEN para operação desse tipo de equipamento pelo Consórcio Conpar (Construtora Norberto Odebrecht SA, UTC Engenharia SA e Construtora OAS Ltda) na obra de ampliação e modernização da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR), localizada no município de Araucária, estado do Paraná em 2010.

O que é fluorescência de raios X?

A fluorescência de raios X por dispersão de energia é uma técnica analítica não destrutiva capaz de identificar elementos com número atômico Z maior ou igual a 12, através dos raios X característicos Kα, Kβ ou Lα, Lβ dos elementos que estão presentes em uma amostra particular. Neste método, o material a ser analisado é atingido com um feixe de Raios X (emitido por um gerador de raios X ou uma fonte radioativa emissora de raios Gama) que interage com os átomos da amostra provocando a ionização das camadas mais internas dos átomos. O preenchimento das vacâncias resultantes, por elétrons mais periféricos, induz a emissão de raios X característicos dos elementos constituintes da amostra. Este método é capaz de fornecer a composição e a concentração dos elementos presentes numa liga metálica. As grandes vantagens de um analisador de ligas metálicas por XRF são a rapidez da análise (alguns segundos) e a possibilidade do equipamento ser portátil. Sua maior desvantagem é que como o número atômico dos elementos precisa ser maior que 12, não é possível a análise de aço Carbono, apenas de ligas metálicas.

Radiz Consultoria e Serviços de Radioproteção Ltda.